Footer 1

logo

198 West 21th Street, Suite 721, New York NY

5109 Pacific Coast Highway, Los Angeles CA

Email: youremail@yourdomain.com

Phone: +88 (0) 101 0000 000

Fax: +88 (0) 202 0000 001

Top Bar Siga-nos ícones

Últimos Artigos

    Não foram encontrados artigos.

 

Consultas

Consultas

Dados para os mosaicos do dashboard têm origem em análises ou de consultas MDX/TSQL.

Este tutorial descreve a criação de ‘Consulta’ e algumas propriedades importantes das mesmas. Todas as consultas disponíveis para o utilizador são exibidas na seção Dashboards -> Queries do Unique Dashboard Business Intelligence. Duas visualizações de consulta estão disponíveis: “All available Queries” (considerando permissões de consulta) e todas as consultas ”Created by me”.

As consultas podem ser consultas MDX para origem de dados OLAP ou consultas SQL para base de dados SQL Server ou ODBC que aceitam solicitações de consulta de dados SQL.

Criar Consulta

Todos os utilizadores Unique Dashboard Business Intelligence podem criar consultas usando o formulário de criação de consultas e base de dados para as quais têm permissões. ‘Tipo de Consulta’ tem duas opções:

01. Dados analíticos. Esta forma de consulta consiste em categorias e séries. A primeira coluna define Categorias, enquanto outras colunas apresentam Séries e devem conter valores numéricos. Esta forma de consulta é usada para apresentar visualizar dados no dashboard.

 

02. Valores de filtro. Esta forma de consulta é usada apenas para listar valores que seriam usados ​​como valores suspensos para filtragem SQL no dashboard.

Para cada consulta, a ‘Origem de dados’ deve ser selecionada. Se a fonte de dados for base de dados OLAP, o tipo de consulta a realizar é a consulta MDX. Por seu lado, se a fonte de dados for base de dados SQL, a consulta a realizar é TSQL. Tanto para as consultas MDX como para consultas TSQL, espera-se que a primeira coluna seja a coluna categoria com qualquer tipo de dados, enquanto que nas subsequentes colunas sejam consideradas as séries de valores que devem ser do tipo numérico. Para ambas consultas, MDX e TSQL, espera-se pelo menos uma série de valores (uma categoria e uma série de colunas de dados).

SQL Query values “Format string”

For each of column of query data “Format string” definition could be defined to present data in appropriate manner to end users.

Clique em “format string” e preencha o formato de medida que pretende para a coluna selecionada.

To get required number format output for data usage.

Exemplos de “string Format” para o número 123456.789

$#,#.## => $123.456,78
€#,#.## => €123.456,78
#.## USD => 123456,78 USD
#,#.# => 123.456,7
#,#.### => 123.456,789
#,#.###0 => 123.456,7890
#,# => 123.456

A mesma unidade de medida será exibida sempre que esta consulta é usada em qualquer elemento visual do dashboard (mosaico).

Executar Consuta Impersonate

Por defeito, a consulta será executada no ambiente do utilizador. Se por algum motivo a fonte de dados precisar de ser acedida com credenciais de utilizador diferente, as credenciais do utilizador impersonate podem ser definidas em “impersonate” no formulário de criação de consulta.

Consulta cache

Os resultados da consulta podem ser armazenados para evitar a constante execução de consultas e economizar o seu tempo de processamento. Imagine centenas de utilizadores a abrirem o mesmo dashboard, sendo que, para cada consulta, a abertura desse dashboard é suportada pela consulta à fonte de dados.

Esse tipo de execução de consulta é totalmente desnecessário, sendo que na maioria dos cenários, as consultas de cache são perfeitamente adequadas para a maioria dos dashboards.

Para definir o cache de determinada consulta, abra o formulário de design de consulta e no guia ‘Cache’ defina o número de minutos para os quais os resultados da consulta serão armazenados em cache.

Os resultados da consulta são armazenados em dois níveis. Primeiro, os resultados da consulta são armazenados em cache no nível ASP.NET dentro da memória da aplicação Unique Dashboard Business Intelligence. Se, por qualquer motivo, o IIS for reiniciado ou a aplicação for reciclado durante a execução do IIS, os resultados da consulta serão armazenados na base de dados interna do Unique Dashboard Business Intelligence. Em ambos os casos, os resultados da consulta em cache expirarão após a quantidade de tempo definida e a origem de dados original será solicitada posteriormente.